"O ciberataque foi detetado pelo sistema de segurança, tendo a Câmara Municipal desencadeado prontamente um conjunto de ações no sentido de conter e mitigar os efeitos do ato criminoso", informou a autarquia do distrito de Lisboa em comunicado.

A Câmara de Loures "reportou o ciberataque" à Polícia Judiciária e ao Centro Nacional de Segurança, indicou o município liderado por Ricardo Leão (PS), e "está a desenvolver todos os esforços" para "restabelecer a normalidade do sistema e dos serviços informáticos".

O restabelecimento dos serviços "deverá acontecer muito em breve", indicou ainda a autarquia, sem especificar que serviços foram afetados ou se foram expostos quaisquer dados dos munícipes ou da própria Câmara Municipal.

 

SYL // VAM

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.