Segundo o banco central, esta redução - pelo quarto mês consecutivo - "refletiu, essencialmente, amortizações de títulos de dívida no valor de 500 milhões de euros".

Em outubro, os depósitos das administrações públicas diminuíram 2.600 milhões de euros. Deduzida desses depósitos, a dívida pública aumentou 2.300 milhões de euros em relação ao mês anterior, para 251.200 milhões de euros.

Já em termos homólogos, face a outubro de 2020, a dívida pública na ótica de Maastricht aumentou em 3.035 milhões de euros.

No terceiro trimestre deste ano, a dívida pública na ótica de Maastricht caiu para 131,4% do Produto Interno Bruto (PIB) uma redução de quatro pontos percentuais face ao trimestre anterior, segundo dados divulgados em 02 de novembro passado pelo BdP.

A próxima atualização das estatísticas da dívida pública do Banco de Portugal será divulgada em 03 de janeiro.

PD // EA

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.