O avançado de 21 anos, que se magoou na meia-final da Liga das Nações frente a Itália, "voltou a Manchester para fazer exames e vai continuar a ser seguido".

Ferran Torres, colega de equipa dos portugueses João Cancelo, Ruben Dias e Bernardo Silva, foi mesmo autor dos dois golos do conjunto ibérico no triunfo 2-1 sobre a campeã do Mundo Itália.

O atleta foi declarado apto a iniciar a final contra a França, perdida por 2-1, tendo sido substituído aos 84 minutos.

Esta indisponibilidade deve desfalcar o Manchester City no 'clássico' com o Manchester United de Cristiano Ronaldo, Bruno Fernandes e Diogo Dalot, bem como os desafios da Liga dos Campeões frente ao Brugge e ao Paris Saint-Germain.

Pela 'roja' vai perder os jogos de novembro frente à Grécia e Suécia, de apuramento para o Mundial2022.

RBA // AJO

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.