"Os sindicatos são necessários, tal como a oposição é necessária a qualquer Governo. Vivemos num sistema democrático. Se estou de acordo com algumas medidas extremas de alguns sindicatos que estão sempre do contra? Não, não estou de acordo", afirmou o ministro em resposta a um dos participantes num debate promovido pelo International Club of Portugal, sobre a forma como lida com as reivindicações sindicais, nomeadamente da Federação Nacional dos Professores (FENPROF).

Nuno Crato acrescentou que o país vive num sistema que classificou de extremamente centralizado: "É um sistema de patrão único, quase soviético e com um sistema quase soviético também a oposição sindical é quase soviética ou mesmo soviética".

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.