Entre as 00:00 e as 23:59, a proteção civil distrital registou um total de 104 ocorrências, sendo na sua maioria referentes a inundações.

Segundo fonte do CDOS, foram participadas 84 situações relacionadas com inundações "devido à precipitação intensa".

Houve registo ainda de cinco quedas de árvores, nove movimentos de massa (deslizamentos), quatro desentupimentos e duas quedas de estruturas.

"Os concelhos mais afetados foram Leiria, Alcobaça, Marinha Grande e Caldas da Rainha, por esta ordem de situações mais expressivas", referiu a mesma fonte, salientando que não se registaram vítimas.

Fonte do Serviço Municipal da Proteção Civil de Leiria adiantou, na terça-feira, que no concelho "houve algumas ocorrências na freguesia da Maceira, com algumas habitações e empresas a registarem inundações".

"Tivemos ainda situações pontuais na cidade. Os casos reportados não são graves e estamos a monitorizar e a acompanhar a situação", declarou esta fonte.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou, na terça-feira, o distrito de Leiria sob aviso laranja até às 18:00, prevendo "aguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada e de rajadas de vento forte".

Entre as 18:00 e as 21:00 o aviso passou a amarelo, o mesmo que estará em vigor hoje entre as 09:00 e as 18:00.

EYC (SR) // SSS

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.