Face a sexta-feira, há mais 50 infeções diárias, mas menos sete mortes.

Desde o início da pandemia, o país totaliza 4.252.095 infetados, 127.253 mortos e 4.035.692 doentes recuperados.

De acordo com as estatísticas oficiais, 15.286.319 pessoas (28,18% da população com mais de 12 anos) têm a vacinação completa. Ao todo, já foram administradas em Itália 45.022.254 doses.

O ministro da Saúde italiano, Roberto Speranza, pediu hoje ao comité científico que assessora o Governo um parecer sobre o fim do uso de máscaras em espaços ao ar livre, estando previsto o anúncio de uma decisão para a próxima semana.

A melhoria da situação pandémica em Itália permitirá que na segunda-feira todas as regiões, com exceção de Valle d'Aosta, fiquem livres de restrições (salvo o uso obrigatório de máscara, que poderá ser revogado).

Para acelerar a imunização da população, o Governo decidiu administrar a vacina de dose única da Janssen a pessoas com menos de 60 anos, em particular as difíceis de rastrear, como sem-abrigo, migrantes e residentes em lugares inacessíveis.

A pandemia da covid-19 provocou, pelo menos, 3.853.859 mortos no mundo, resultantes de mais de 177,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência noticiosa francesa AFP.

Em Portugal morreram 17.062 pessoas dos 864.109 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A covid-19 é uma doença respiratória causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, tipo de vírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China, e que se disseminou rapidamente pelo mundo.

ER // JMR

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.