De acordo com dados hoje divulgados pelo serviço de estatística da UE, a taxa de utilização de material reciclado (taxa de circularidade) avançou, em 2020, 0,8 pontos percentuais para 12,8%, tendo mantido uma tendência em alta desde 2004 (8,3%), o primeiro ano para o qual há dados disponíveis.

Entre os Estados-membros, os Países Baixos apresentaram a maior taxa de circularidade (31%), seguindo-se a Bélgica (23%) e a França (22%), enquanto as menores se observaram na Roménia (1%), Portugal e Irlanda (2% ambos).

O Eurostat salienta que as diferenças de aproveitamento de resíduos reciclados entre os Estados-membros se devem não apenas à quantidade de reciclagem de cada país, mas também a fatores estruturais nas economias locais.

IG // JMR

Lusa/fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.