"Tomando como referência os valores trimestrais e não o ano acabado no trimestre, o saldo das AP no 2.º trimestre de 2022 atingiu 1.104,6 milhões de euros, correspondendo a 1,9% do PIB, o que compara com -5,6% no período homólogo", refere a nota do INE.

O INE indica ainda que, considerando o primeiro semestre, o saldo foi também positivo, fixando-se em 0,8% do PIB, "registando-se uma melhoria expressiva deste indicador face não só aos semestres homólogos de 2020 e 2021, marcados pela pandemia Covid-19, mas igualmente face a 2019".

O défice registado nos primeiros três meses do ano foi de 0,4% do PIB.

AAT // CSJ

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.