Cristiano Ronaldo é assim o primeiro vencedor do Prémio Três Corações, da Fundação Pelé, que premiou ainda uma Organização não-governamental "e uma inspiração", anunciou o tricampeão mundial pelo Brasil, na sua página oficial do Facebook.

"Os vencedores contribuem para causas filantrópicas e impactam a sociedade através do apoio e empoderamento de crianças por esforços educacionais, de saúde e contra a vulnerabilidade social", detalhou a estrela brasileira de 82 anos.

O capitão da seleção portuguesa, e cinco vezes considerado o melhor jogador do mundo, venceu o prémio pela "sua excelência nos campos e fora deles, num esforço interminável pelas crianças", considerou.

A organização sem fins lucrativos Grassroot Soccer, pela "sua liderança na promoção de saúde dos adolescentes nos últimos 20 anos", e a organização não governamental Global Empowerment Mission, devido ao "trabalho excecional ajudando refugiados ucranianos", foram os outros dois vencedores na estreia do Prémio Três Corações, prémio este que tem o mesmo nome da terra-natal do craque brasileiro, um município do estado de Minas Gerais.

 

MIM // RBF

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.