Natalia Budarina, responsável da CEC, indicou que aquele organismo recebeu um documento expressando a recusa do candidato em "participar em eventos conjuntos de campanha eleitoral transmitidos através dos canais de organizações estatais russas".

"É um direito do candidato", esclareceu Budarina.

As eleições presidenciais russas estão marcadas para o próximo dia 17 de março, embora a votação decorra durante três dias, de 15 a 17. No dia 31 de janeiro último, a CEC concluiu o registo dos candidatos presidenciais e confirmou o registo de Putin, que concorre de forma independente, Leonid Slutski, pelo Partido Liberal Democrático da Rússia (LDPR), Nikolai Jaritonov, pelo Partido Comunista da Rússia (KPRF) e Vladislav Davankov, pelo Novo Povo.

NL // SF

Lusa/Fim.

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.