Num relatório, o Ministério da Defesa taiwanês apontou que os cinco balões sobrevoaram as regiões norte e centro da ilha.

Destes cinco balões - um número recorde para um dia - três atravessaram a ilha de costa a costa, continuou o ministério.

As autoridades de Taipé comunicaram também no sábado a deteção de oito balões de observação chineses no espaço aéreo, notando que dois deles sobrevoaram a ilha.

Taiwan anunciou pela primeira vez a presença de um balão chinês nas imediações da ilha a 08 de dezembro. Desde então, detetou 84 balões nas proximidades, 25 dos quais sobrevoaram o território.

A preocupação com os balões chineses remonta a janeiro do ano passado, quando um destes aparelhos foi avistado sobre território dos Estados Unidos e provocou o cancelamento da viagem do secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, à China.

Pequim, que considera Taiwan parte integrante de território chinês, intensificou nos últimos anos a pressão militar e política, enviando também um número sem precedentes de caças e navios de guerra para a ilha.

CAD // CAD

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.