"Considerando os dados atuais das descargas efetuadas pela frota portuguesa da espécie atum patudo ('Thunnus obesus') no oceano Atlântico, verifica-se que a quota atribuída a Portugal encontra-se esgotada", lê-se numa nota hoje divulgada pela DGRM.

Assim, a partir das 00:00 de segunda-feira, é interdita a pesca desta espécie nas zonas referidas, a manutenção a bordo, transbordo e descarga das capturas.

A DGRM é um serviço central da administração direta do Estado, com autonomia administrativa, que tem por objetivo o desenvolvimento da segurança e serviços marítimos, a execução das políticas de pesca e a preservação dos recursos.

PE // JNM

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.