"Embora a situação continue muito preocupante, estamos a começar a ver sinais encorajadores", afirmou Hans Kluge numa entrevista transmitida 'online' a partir de Copenhaga.

Segundo o diretor regional da OMS, a Itália "apenas experienciou uma taxa de aumento ligeiramente mais baixa, embora ainda seja muito cedo para dizer que a pandemia atingiu o pico neste país".

 

MYCA // ZO

Lusa/Fim