"Os russos dispararam contra uma multidão com vários lançadores de foguetes Hurricane enquanto civis retiravam água de uma cisterna. Oito moradores morreram, 21 foram levados para o hospital", escreveu na rede social Telegram o governador da região de Lugansk, Serguiï Gaïdaï.

Lysychansk é a última grande cidade a ser conquistada pelos russos na região de Lugansk, uma das duas províncias da bacia industrial de Donbass.

A Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro e a ofensiva militar já matou mais de quatro mil civis, segundo a ONU, que alerta para a probabilidade de o número real ser muito maior.

A ofensiva militar causou a fuga de mais de oito milhões de pessoas, das quais mais de 6,6 milhões para fora do país, de acordo com os mais recentes dados da ONU.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.

EL // RBF

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.