"Está em preparação uma possível visita do Santo Padre a Timor. Ainda não podemos confirmar data, será anunciada pela Santa Sé juntamente com o Governo, mas não é um segredo que estamos a preparar essa possível visita", afirmou o Marco Sprizzi.

O embaixador do Vaticano em Timor-Leste falava aos jornalistas após um encontro com o Presidente timorense, José Ramos-Horta, no Palácio da Presidência, em Díli.

Marco Sprizzi disse também que uma delegação do Vaticano esteve no país durante três dias para inspecionar os lugares onde o Papa Francisco deverá estar e para reuniões com as autoridades timorenses.

"O Governo timorense está a fazer uma preparação excelente. Agradecemos pelo trabalho enorme, competente, eficiente que está a ser feito para a eventual visita do Papa a Timor-Leste", salientou.

Questionado sobre as principais preocupações para a visita do Papa Francisco a Timor-Leste, o embaixador explicou que estão, sobretudo, ligadas com questões de segurança, saúde, transporte e locais para o Santo Padre se reunir com o povo timorense.

"As outras preocupações são consequentes, para que tudo esteja bem organizado, para que o Papa possa ter o justo equilíbrio de atividades e descanso, para que possa recuperar, para que possa ter força física e intelectual para dar o máximo ao povo. Não há outras preocupações. O Papa tem expectativas e alegria em preparar esta visita", disse Marco Sprizzi.

Sobre a mensagem que o Papa Francisco trará a Timor-Leste, o embaixador do Vaticano disse será antecipada alguns dias antes da visita pelo Santo Padre, mas que será uma "mensagem de evangelho", devendo incluir situações relacionadas com o povo timorense e com a sub-região.

MSE // VQ

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.