A Galp referiu que o EBITDA (resultado antes de impostos) foi de 3,56 mil milhões de euros, menos 7,6% do que em 2022, de acordo com um comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Por categoria, o EBITDA do 'Upstream' (exploração e produção de petróleo e gás natural) foi de 2,26 mil milhões de euros no ano passado, uma descida de 26,6%.

A empresa justificou a queda com a redução do preço do petróleo no mercado mundial, sublinhou que a produção aumentou 6% em 2023.

Na categoria 'Industrial and Midstream' (transporte, armazenagem e marketing de crude e gás natural), o EBITDA atingiu 929 milhões de euros no ano passado, mais do dobro do registado em 2022.

No entanto, a Galp admitiu esperar uma redução de 13% no EBITDA este ano.

A dívida líquida do grupo subiu de 1,21 mil milhões de euros no final de setembro para 1,4 mil milhões de euros no final de dezembro.

VQ (MC) // EJ

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.