Num comunicado enviado à Efe, a Vodafone indicou que a empresa "foi informada" da operação e espera "construir uma relação de longo prazo com a Etisalat", adianta a agência de notícias espanhola.

Num documento publicado na Bolsa de Valores do Abu Dhabi, a operadora dos EAU detalha que adquiriu aproximadamente 2.766 milhões de ações do grupo e sublinha que vai dar "apoio total" à atual direção da empresa britânica e ao seu plano de negócios, apresentado em novembro passado.

A informação enviada ao mercado pela Etisalat adianta ainda que não pretende estar representada no Conselho de Administração da operadora britânica e que não planeia fazer uma oferta sobre o resto do capital da empresa ou "exercer controlo ou influenciar o conselho e a equipa de gestão".

"Queremos construir uma colaboração estratégica, mutuamente benéfica, com a Vodafone, visando a criação de valor para ambas as empresas, explorar oportunidades no mercado global de telecomunicações em rápida mudança e apoiar a adoção de uma nova geração de tecnologias", sublinhou Hatem Dowidar, presidente executivo (CEO) da Etisalat.

A operadora dos EAU afirma que a aquisição de 9,8% da Vodafone visa conseguir "uma exposição significativa num líder mundial em conectividade e serviços digitais".

LT // MAG

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.