A chegada de quinze ex-governantes à bancada social-democrata e a saída dos deputados que os estavam a substituir, no final da semana passada, obrigou o PSD a fazer alterações nos membros efetivos e suplentes que tinha indicado para as comissões parlamentares.

O ex-ministro da Presidência, Luís Marques Guedes, vai integrar a Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, assim como o ex-ministro da Justiça, Fernando Negrão. O anterior ministro da Defesa, Aguiar-Branco, e a ex-ministra da Cultura, Teresa Morais, serão suplentes nesta comissão.

A ex-ministra da Cultura, Igualdade e Cidadania será membro efetivo da Comissão de Defesa Nacional. O ex-ministro dos Assuntos Parlamentares, Carlos Costa Neves, será também membro efetivo dessa comissão, e da Comissão de Assuntos Europeus, que terá Jorge Moreira da Silva como membro suplente.

A anterior ministra da Educação e Ciência, Margarida Mano, vai ser membro efetivo da Comissão de Educação e Ciência, e membro suplente da Comissão de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto, juntamente com Marques Guedes.

IEL // SMA

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.