No relatório de atualização das perspetivas económicas e orçamentais 2022-2026, publicado hoje, a instituição "projeta a intensificação das pressões inflacionistas em 2022, sendo antecipada uma aceleração na taxa de inflação, medida pelo IHPC [Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC)], para 7,7%".

A atualização representa uma revisão em alta face aos 3,9% previstos em março.

AAT // CSJ

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.