Segundo a empresa, a Veolia ganhou um contrato para administrar, durante os próximos sete anos, os serviços de água potável de Riade e de 22 municípios periféricos.

Este contrato representa um volume de negócios de 82,6 milhões de euros, segundo o grupo francês.

A Veolia também assinou um "acordo de parceria estratégica" com o Ministério de Investimento da Arábia Saudita para "melhorar o desempenho operacional, energético e comercial do setor de água em todo o país", e reforçou a sua ligação com a gigante do petróleo Saudi Aramco.

O grupo francês passa a ser "o parceiro exclusivo" da Saudi Aramco para o tratamento dos seus resíduos industriais e normais, que representam 200 mil toneladas por ano, além das 120 mil toneladas de resíduos perigosos que já estavam ao cuidado da Veolia.

Por seu lado, e no dia a seguir à venda de 12 helicópteros militares Caracal aos Emirados Árabes Unidos, a Airbus assinou hoje um contrato em Jeddah, que prevê a venda de 26 helicópteros - 20 H145 e seis H160 - à The Helicopter Company (THC), disse o grupo europeu em comunicado.

O valor da compra não foi divulgado.

A THC foi criada em 2019 pelo Fundo de Investimento Público Saudita, no âmbito da diversificação económica do país, para responder à "crescente procura de turismo de luxo e serviços de transporte aéreo", tendo já operado 10 helicópteros ligeiros H125 Ecureuil.

Emmanuel Macron iniciou, hoje, em Jeddah, a última parte de uma viagem pelo Golfo Pérsico, encontrando-se com o príncipe herdeiro saudita, Mohammed bin Salman, cuja imagem internacional foi fortemente manchada pelo assassinato, em 2018, do jornalista saudita Jamal Khashoggi.

No primeiro dia da viagem do Presidente francês, na sexta-feira, os Emirados Árabes Unidos assinaram um acordo para adquirir 80 caças Rafale -- um número de compra dos aviões a jato recorde - por 14 mil milhões de euros.

PMC // MAG

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.