Esta noite, adiantou à agência Lusa fonte da direção dos socialistas, será também escolhido Porfírio Silva para o cargo de diretor do Gabinete de Estudos do PS, substituindo João Tiago Silveira, embora este antigo secretário de Estado se mantenha no Secretariado Nacional do partido.

Porfírio Silva é vice-presidente do Grupo Parlamentar do PS, deputado eleito por Aveiro e faz parte do Secretariado Nacional desde que António Costa assumiu as funções de secretário-geral em novembro de 2014.

Da anterior equipa da Comissão Permanente do PS apenas transita para a atual Luís Patrão, que desde 2014 é o responsável pela administração e finanças deste partido, registando-se também o regresso a este órgão de Porfírio Silva.

Entram para a Comissão Permanente do PS as ex-secretárias de Estado Jamila Madeira e Susana Amador, os deputados Pedro Cegonho e Pedro do Carmo, e o dirigente da UGT Sérgio Monte.

Pedro do Carmo, ex-líder da Federação do Baixo Alentejo do PS, vai secretário nacional para Organização, uma das funções mais destacadas ao nível da direção dos socialistas, tendo como adjunto Pedro Cegonho, que nesta Comissão Permanente também terá os pelouros da modernização e dados.

Jamila Madeira, antiga eurodeputada do PS, será secretária nacional para as Relações Internacionais, funções que exercerá em articulação com Francisco André, que é vice-presidente do Partido Socialista Europeu (PES).

Na nova equipa da Comissão Permanente, Sérgio Monte ficará com o pelouro do trabalho e Susana Amador, ex-presidente da Câmara de Odivelas, terá a área das autuas autarquias.

Em contrapartida, abandonam Comissão Permanente o secretário de Estado, Francisco André, os deputados socialistas Maria Antónia Almeida Santos, Hugo Pires e Maria da Luz Rosinha, o professor universitário Rui Pena Pires e a coordenadora da EEA Grants, Susana Ramos.

Nas decisões agora tomadas está ainda a composição da Comissão de Gestão do PS, que será constituída por Luís Patrão, Jamila Madeira e Hugo Pereira.

Ainda segundo fonte da direção do PS, na próxima reunião da Comissão Nacional deste partido será apresentada uma proposta para a designação de Edite Estrela para diretora do "Ação Socialista" e de José Leitão para diretor do "Portugal Socialista".

Foram ainda convidados para participarem nas reuniões da Comissão Nacional do PS, embora sem direito a voto, sete sindicalistas socialistas, cinco dos quais da Tendência Sindical Socialista da UGT e dois da Corrente Sindical Socialista da CGTP.

Tal como a agência Lusa avançou na quarta-feira, o Centro da Esquerda do PS vai ser coordenado pelo professor universitário Rui Pena Pires, tendo na sua equipa a historiadora Fernanda Rollo, que é independente, e o fundador do PS e da JS José Leitão.

No sábado passado, a Comissão Nacional do PS elegeu o Secretariado, o órgão executivo dos socialistas, do qual fazem parte as ministras Mariana Vieira da Silva, Alexandra Leitão, Ana Mendes Godinho e Graça Fonseca, os ex-secretários de Estado Bernardo Trindade e João Tiago Silveira, os autarcas Eduardo Vítor Rodrigues, Carla Tavares e Isilda Gomes, além dos referidos sete membros da Comissão Permanente.

Estão também no Secretariado Nacional do PS o ex-presidente da Câmara de Lisboa Fernando Medina, os secretários de Estado Eurico Brilhante Dias e João Torres e os deputados Marcos Perestrello, Maria da Luz Rosinha e João Azevedo (adjunto) e o eurodeputado Pedro Marques.

 

PMF // JPS

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.