Portugal tem mais de 10,6 milhões de habitantes, o mais alto valor de sempre. Os dados da Pordata revelam que o país tem mais 109 mil pessoas do que em 2022, muito por causa do grande afluxo de imigrantes.

Nos últimos anos, o saldo populacional quase duplicou graças à imigração.

Os casamentos celebrados entre estrangeiros quase duplicaram na última década, passando de 767 em 2013 para 2.163 no ano passado. Já as celebrações de casamentos entre portugueses e estrangeiros aumentaram três pontos percentuais, representando 15% dos matrimónios no período em análise, num total de 5.409 em 2023.

Mais velhos e mais sozinhos

Por outro lado, Portugal é, a par de Itália, o país da União Europeia com maior percentagem de população idosa. São mais de 2,5 milhões de pessoas com 65 anos ou mais.

"O nosso país é o segundo da UE com maior índice de envelhecimento e o quarto do mundo com maior proporção de população idosa", aponta o relatório da Pordata.

Existem quase dois idosos por cada jovem e a idade mediana dos portugueses aumentou de 38,5 para 47 anos em duas décadas.

Já as pessoas com pelo menos 100 anos já ultrapassaram as 3 mil.

Os dados apontam ainda que os portugueses estão "mais sozinhos": há mais casais sem filhos e mais de um milhão de pessoas vive só.

Mais de metade das pessoas que vivem sozinhas são idosas (55%), o que faz de Portugal o quarto país da União Europeia com maior percentagem de idosos a viver só no total de pessoas nesta condição.

Com Lusa

[Notícia atualizada às 0h26]