O projeto, orçado em 242 mil dólares (204 mil euros), visa "melhorar a saúde pública nas escolas primárias, construindo cinco salas de aulas e duas casas de banho em duas escolas primárias", lê-se num comunicado distribuído hoje pela embaixada nipónica em Maputo.

Além do apoio nas obras, a iniciativa prevê ainda "melhorar a situação alimentar das crianças", com a distribuição de alimentos uma vez por mês durante quatro meses nas duas escolas, bem como a organização de seminários sobre nutrição para os pais das crianças abrangidas.

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.