Segundo o diretor de Serviço de Energia, Mário de Oliveira, trata-se de um projeto pioneiro em Cabo Verde, financiado pelo governo, em parceria com o Governo Regional das Canárias, no valor de 497.500 euros.

Mário de Oliveira explicou também que este projeto de energia solar e eólica, inclui ainda formação específica da população local em matéria de uso racional de energia e a capacitação de técnicos locais na gestão e manutenção do sistema de geração de energia.

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.