Do total de 1.107 resultados recebidos dos laboratórios de virologia, o ministério cabo-verdiano avançou que há mais 48 casos positivos de infeção pelo novo coronavírus, numa taxa de positividade de 4,3%.

Metade dos novos infetados foram diagnosticados na cidade da Praia, na ilha de Santiago, que tem mais casos ainda em São Miguel (dois) e São Domingos e Santa Catarina com um cada.

Os restantes casos foram reportados em São Vicente (cinco), Boa Vista (quatro), Maio (dois), Sal (um), Santo Antão (três), distribuídos por Porto Novo (dois) e Ribeira Grande (um), Fogo com cinco, sendo três em Santa Catarina e um cada em São Filipe e Mosteiros.

No 11.º dia sem registo de óbitos, as autoridades sanitárias deram alta a mais 45 pessoas, de um total agora de 33,173 casos recuperados da doença desde o início da pandemia.

Com os novos dados, o país aumentou para 33.906 os casos positivos acumulados desde o início da pandemia, em 19 de março de 2020, dos quais há 298 óbitos e passa a contabilizar 414 casos ativos.

A pandemia de covid-19 fez pelo menos 4.247.231 mortos em todo o mundo, entre mais de 199,5 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço da AFP com base em dados oficiais.

Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.412 pessoas e foram registados 977.406 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

RIPE // LFS

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.