As cinco jovens faziam parte de um grupo de seis que hoje foi recebido pelo ministro da Economia e do Mar, António Costa Silva, e que no fim do encontro se colaram na entrada do edifício.

Jovens ativistas pelo clima ocuparam na ultima semana várias escolas de Lisboa, exigindo o fim dos combustíveis fósseis até 2030 e a demissão do ministro da Economia, que acusam de defender os combustíveis fósseis.

Após a saída da esquadra, na Rua da Palma, os jovens anunciaram que na próxima primavera vão voltar às ocupações de estabelecimentos de ensino, mas no dobro do que fizeram nesta semana e também fora de Lisboa, e que vão também protagonizar ações "cada vez mais disruptivas" contra o gás, por ser também um combustível fóssil.

FP // RBF

Lusa/fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.