Em comunicado, o Metro de Lisboa informa que as greves parciais foram desconvocadas "após um esforço de diálogo muito significativo efetuado quer pela Empresa, quer pelas associações sindicais", pelo que o serviço de exploração far-se-á com a normalidade habitual.

A Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans) convocara greves parciais para os dias 17 e 19 de janeiro no Metro de Lisboa.

CP // JPS

Lusa/fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.