"Tomando como referência os valores trimestrais e não o ano acabado no trimestre, o saldo das AP [Administrações Públicas no 1.º trimestre de 2022 atingiu -233,6 milhões de euros, correspondendo a -0,4% do PIB, o que compara com -6,0% no período homólogo", de acordo com as contas nacionais trimestrais por setor institucional do INE.

Os economistas ouvidos pela Lusa previam um ligeiro excedente orçamental no primeiro trimestre, refletindo uma melhoria da atividade económica e uma diminuição da despesa com a pandemia.

DF (AAT) // MSF

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.