O boletim epidemiológico da direção nacional de Saúde Pública angolana refere que os novos casos foram reportados nas províncias do Cunene (42), Lunda Norte (38), Luanda (37), Benguela (24), Moxico (20), Namibe (07), Huíla (04) e as províncias do Uíje, Bié, Malanje, Lunda Sul, Cuanza Norte e Cabinda com um caso cada.

Segundo o documento, os óbitos foram registados na província do Cunene e na província do Moxico, dois em cada uma.

Os laboratórios processaram, nesse período, 3.024 amostras por RT-PCR, sendo que o cumulativo aponta para 787.176 amostras processadas com uma taxa de positividade de 5,3%.

Angola, que há mais de um ano vive a situação de calamidade pública, totaliza 41.405 casos positivos de covid-19, 5.346 ativos, 35.082 recuperados e 977 óbitos.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.128.543 mortos em todo o mundo, entre mais de 191,9 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

DYAS // VM

Lusa/Fim

 

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.