Os resultados definitivos da sessão indicam que o seletivo Dow Jones Industrial Average baixou 0,02%, para 31.430,70 pontos, depois de ter estabelecido um novo máximo na quarta-feira.

Já os níveis inéditos no fecho atingidos pelo Nasdaq e S&P500 resultaram de valorizações respetivas de 0,38% e 0,17%, que os colocaram nas 14.025,77 e 3.916,38 unidades.

A maioria dos setores terminou em baixa, o que foi atribuído aos dados semanais publicados pelo Departamento do Trabalho que refletem os despedimentos continuados de trabalhadores devido à pandemia se bem que a menor ritmo.

Na quarta-feira, o presidente da Reserva Federal, Jerome Powell, afirmou que o banco central vai ser "paciente" com a sua política de estímulos para reparar o mercado laboral.

Megan Horneman, director da estratégia de investimentos na Verdence Capital Advisors, disse que "mesmo que (as inscrições para o subsídio de desemprego) estejam um pouco melhor, continuam elevadas, o que é uma preocupação, porque precisamos de colocar as pessoas de volta a trabalhar".

Por outro lado, os investidores estão satisfeitos com a temporada de resultados que está a acabar, uma vez que mais de 80% das empresas que integram o S&P500 que já publicaram os seus números superaram as expectativas dos analistas.

A volatilidade que tem estado em foco na praça nova-iorquina parece estar a deslocar-se da GameStop para as empresas de canábis.

Assim, hoje caíram fortemente empresas que tinham valorizado vertiginosamente na sessão anterior, como Sundial Growers (-20%), Tilray (-50%), Aphria (-36%) ou a Aurora Cannabis (-13%).

RN//RBF

Lusa/fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.