De acordo com o relatório e contas de 2021 da Sociedade Interbancária e Sistema de Pagamentos (SISP), consultado hoje pela Lusa, o serviço "Acquiring Internacional" -- marcas internacionais -- registou "alguma retoma, com o 'novo normal' após a pandemia da covid-19".

Em 2020, devido às restrições internacionais para conter a pandemia, aquele serviço "registou a maior quebra de sempre com a pandemia da covid-19", traduzindo-se numa "diminuição a nível de operações acima dos 56,7%", recuando a níveis de 2015.

"A retoma foi mais expressiva no verão e nos dois últimos meses de 2021", refere o relatório e contas do ano passado. Assim, o número de transações registadas com estes dois cartões internacionais foi de 727.814 em 2021 e de 547.690 em 2020, enquanto em 2019, ano de recorde na procura turística pelo arquipélago, com mais de 819 mil turistas, essas operações chegaram a 1.250.555.

O volume transacionado por estes cartões aumentou 20% em relação a 2020, com as operações com cartões Visa a representarem 58% das transações e 41,8% com cartão Mastercard. Em comissões, a Visa pagou a Cabo Verde 82,7 milhões de escudos (750 mil euros), enquanto a Mastercard pagou mais de 83,7 milhões de escudos (760 mil euros), em 2021.

A rede interbancária da SISP contava no final de 2021 com 208 terminais ATM, mais nove face a 2020, "resultado da retoma das atividades nos estabelecimentos hoteleiros", e 9.564 terminais POS, para pagamentos de compras e serviços, um crescimento de 10% (mais 879 terminais) quando comparado com 2020.

Em dezembro de 2021 estavam ativos 266.216 cartões dos bancos comerciais instalados no país, menos 2% face a 2019, e foram produzidos 134.676 novos cartões.

"O número de cartões produzidos aumentou 3% face ao período homólogo, mas a variação negativa do número de cartões ativos, de 2%, continuou a refletir os efeitos da prorrogação das datas de expiração dos cartões, aplicada pelos bancos a partir do segundo trimestre de 2020 devido à pandemia e restrições de deslocações às agências bancárias", lê-se no relatório.

PVJ // PJA

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.