A diferença positiva entre exportações e importações em novembro excedeu em 70,4 por cento o excedente de outubro e em 80% o de setembro, segundo dados do Ministério da Economia.

O forte aumento do saldo positivo foi o resultado do salto nas exportações em novembro, que cresceram 30,5% em comparação com o mesmo mês do ano passado, para cerca de 28 mil milhões de euros, e a queda de 5,5% nas importações.

As exportações em novembro foram impulsionadas pelas vendas externas no setor agrícola, que aumentaram 60,8% para cerca de cinco mil milhões de euros, e no setor mineiro, que atingiu sete mil milhões de euros, com uma expansão de 34,4%.

O bom resultado de novembro permitiu que o excedente acumulado do Brasil na sua balança comercial nos primeiros onze meses do ano atingisse 58 mil milhões de euros, com um crescimento de 0,7% em comparação com o mesmo período do ano passado.

A China continuou a ser o principal destino das exportações brasileiras nos primeiros onze meses, com compras de 84 mil milhões de euros.

 

MIM // APN

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.