O produto estupefaciente estava dissimulado em duas embalagens, uma acondicionada no fundo falso do separador interior do 'trolley' e outra escondida no interior de uma mochila, sendo detetada a presença da droga através da revisão de bagagem do viajante "correio" de droga, segundo a AT.

A apreensão aconteceu quase há um mês, em 16 de setembro, mas só foi agora divulgada pelo Fisco, no portal das Finanças, esclarecendo ter selecionado a operação com base em métodos e técnicas de análise de risco desenvolvidas e implementadas, na luta contra a fraude, a evasão aduaneira e fiscal e os tráficos ilícitos.

O passageiro detido e o produto estupefaciente apreendido foram entregues à Polícia Judiciária, na sua qualidade de órgão de polícia competente para a investigação criminal do tráfico de estupefacientes, adianta no comunicado.

VP // MSF

Lusa/fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.