Badosa, de 24 anos, nona classificada do ranking mundial, impôs-se a Krejcikova, quarta posicionada na hierarquia da WTA, no 'tie-break' do último parcial, por 6-3, 4-6 e 7-6 (7-4), após uma 'maratona' de duas horas e 22 minutos de confronto.

A espanhola, que tinha vencido os dois confrontos anteriores com a checa, conquistou o terceiro título no circuito feminino, após os sucessos em Belgrado e Indian Wells, ambos em 2021, na prova que serve também de preparação para o Open da Austrália, primeiro 'Grand Slam' de 2022.

RPC // RPC

Lusa/fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.