Sébastien Loeb terminou as 17 classificativas com o tempo de 3:00.32,8 horas, deixando o segundo classificado, o compatriota Sébastien Ogier (Toyota Yaris), a 10,5 segundos. O irlandês Craig Breen (Ford Puma) foi o terceiro, já a 1.39,8 minutos.

Esta foi a primeira vitória de um carro híbrido no Mundial de ralis, com Loeb a chegar à liderança na penúltima especial da prova após um furo sofrido por Ogier, anterior líder.

 

AGYR // AMG

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.