Adelino Augusto Graça Barbosa de Barros, nascido em Cabo Verde, conhecido na vida pública nacional por Neno, residia em Guimarães desde há 37 anos e permanentemente nos últimos 26.

O texto, apresentado por PS, PSD e PEV, recorda conhecido como Neno como "uma figura nacional no desporto, na intervenção artística e nas causas sociais".

"A sua dimensão humana fez de Neno um cidadão de corpo inteiro, que colocava a sua notoriedade, influência e talento ao serviço da sua comunidade. Foi uma figura que todos e todas estimavam, admiravam, acarinhavam", destacam os deputados.

O voto refere que a morte de Neno tocou toda a sociedade portuguesa, "mas marcadamente o concelho de Guimarães", com milhares de pessoas a acompanharem as suas cerimónias fúnebres.

"Neno vai fazer muita falta. À sua família, à sua filha, ao seu clube, aos vitorinos, mas à sociedade, vimaranense e nacional, em geral", referem.

Natural da Cidade da Praia, em Cabo Verde, Adelino Barros, conhecido como Neno no futebol, formou-se no Barreirense e representou Vitória de Guimarães, Benfica e Vitória de Setúbal, tendo contabilizado nove internacionalizações com a camisola da seleção das 'quinas'.

SMA (TYME) // ACL

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.