Aos 26 anos, o 95.º jogador mundial, que nunca tinha disputado uma final, surpreendeu ao conquistar o título, com um triunfo por 6-4 e 7-6 (10-8), em uma hora e 42 minutos.

Primeiro suíço a vencer um torneio ATP desde Roger Federer em 2019, em Basileia, Huesler contrariou o favoritismo do jovem de 19 anos, que, depois de chegar aos quartos de final em Roland Garros, procurava o segundo título da carreira no piso rápido búlgaro.

Rune, 31.º da hierarquia ATP, tinha vencido a única final disputada até hoje, ao sagrar-se campeão em Munique, já esta temporada.

AMG // PFO

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.