No norte, a eletricidade foi cortada a cerca de 31.000 pessoas devido à queda de postes provocada por uma tempestade na região costeira da província de Nampula (distritos de Nacala-a-Velha e Memba).

Na capital, o fornecimento de energia à baixa de Maputo está condicionado numa das áreas onde se concentram muitos dos escritórios de empresas de serviços, banca e finanças.

Em causa, estão anomalias nos cabos que abastecem vários postos de transformação do coração da cidade, indicou a Eletricidade de Moçambique (EDM) em comunicado.

Os problemas juntam-se a outros que desde terça-feira afetam cerca de 15.000 clientes em Quelimane, capital provincial da Zambézia, centro do país.

LFO // JMC

Lusa/Fim

 

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.