"Queremos uma democracia que, em cada momento, saiba aproveitar oportunidades, sobretudo quando elas são únicas, e esta é uma oportunidade única", referiu Marcelo Rebelo de Sousa, aludindo ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e ao Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), que o chefe de Estado já tinha referido ser importante na "reconstrução" de Portugal depois da pandemia.

Enquanto discursava na inauguração da ampliação do Centro de Distribuição da SONAE, em Vila Nova da Rainha, concelho da Azambuja (distrito de Lisboa), o Presidente da República sustentou que é necessário um "esforço de concertação, de entendimento, de conjugação de iniciativas", que está a ocorrer "um pouco por todo o país".

"Que o mesmo esforço haja naqueles que têm responsabilidades políticas", completou, acrescentando que "não se trata de ceder nos princípios ou de recuar naquilo que é a visão de cada qual para o futuro do país".

No entendimento de Marcelo Rebelo de Sousa "trata-se de perceber que este é um momento em que cada dia, cada mês, cada seis meses, fazem a diferença".

"Não há empates neste domínio. Empatar tempo é perder o jogo", completou.

AFE // ACL

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.