Nino Cerruti faleceu na sequência de complicações após uma cirurgia à anca, segundo noticia a agência espanhola Efe.

Nascido em 1930 e descendente de uma família de industriais têxteis da província de Biella (norte de Itália), Nino Cerruti foi um dos grandes ícones da moda do século XX, devido às suas ideias revolucionárias, como a primeira 'jaqueta desconstruída', criada durante os anos setenta.

O estilista italiano começou a ganhar notoriedade mundial em 1957, ano em que apresentou em Milão a sua primeira coleção, designada "Hitman".

Em 1962 fundou a marca "Flying Cross", com Osvaldo Test, e, em 1967, abriu a primeira boutique Cerruti 1881, em Paris.

Em meados da década de 1970, começou a colaborar com novos nomes emergentes da moda italiana, como o então desconhecido Georgio Armani.

Também nessa altura surgiu a linha feminina, que vinte anos depois representaria 20% da faturação total da empresa, e foi lançado o primeiro perfume masculino vinculado à marca ("Nino Cerruti").

A popularidade da marca aumentou ainda mais em 1994 quando foi nomeada a desenhadora oficial da equipa Ferrari da Fórmula 1.

FAC // MAG

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.