James Mueller, de 76 anos, e Donna Mueller, de 75 anos, marido e mulher, morreram devido aos ferimentos causados por um relâmpago que os atingiu em Lafayette Park, localizado do lado de fora do complexo da Casa Branca, revelou esta sexta-feira o Departamento de Polícia Metropolitana.

O casal estava em Washington a comemorar mais de cinco décadas de casamento, segundo a sobrinha destes, Michelle McNett, noticiou a agência Associated Press (AP).

"Eram um casal muito amoroso. Eram muitos chegados à família e está toda a gente em choque", referiu, citada pelo Wisconsin State Journal.

Os Muellers tiveram cinco filhos, 10 netos e quatro bisnetos, acrescentou.

Donna era professora reformada, e trabalhava numa loja de móveis local, enquanto Jim era um empreiteiro local aposentado.

Michelle McNett referiu que não sabia ao certo o porquê do casal ter escolhido a capital norte-americana para as férias, mas salientou que Donna estava "constantemente interessada em aprender mais".

Os outros dois feridos, um homem e uma mulher, estão em estado crítico, após também terem sido atingidos pelo relâmpago na quinta-feira à noite, acrescentou a polícia.

As autoridades não revelaram como é que as vítimas ficaram feridas, referindo apenas que foi devido ao relâmpago.

Agentes do Serviço Secreto e da Polícia de Parques dos Estados Unidos testemunharam o relâmpago e prestaram os primeiros socorros, segundo o Departamento de Polícia Metropolitana.

A assessora de imprensa da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, lamentou o incidente que causou "a perda de vidas".

"Os nossos corações estão com as famílias que perderam os entes queridos e estamos a orar por aqueles que ainda lutam pelas suas vidas", acrescentou.

DMC // RBF

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.