Em comunicado, aquele ministério cabo-verdiano adiantou que do total de 970 resultados recebidos, somam-se 191 casos novos positivos, numa taxa de positividade de 19,7%, e igualando o maior número de casos diários no país de há sete dias. 

A cidade da Praia, na ilha de Santiago, continua a ser o epicentro da pandemia no país, tendo registado 106 novos casos nas últimas 24 horas e também mais uma morte provocada pela covid-19. 

Ainda na ilha de Santiago, há casos novos em todos os outros sete municípios, nomeadamente Ribeira Grande (6), São Domingos (5), Santa Catarina (4, que também registou mais uma morte), São Salvador do Mundo (2) e São Miguel, Santa Cruz e São Lourenço dos Órgãos com um infetado cada. 

Depois de Santiago, foi a ilha do Sal a registar mais casos, com 27, seguida de São Vicente, com 22, São Nicolau, com oito no concelho do Tarrafal, a Boa Vista somou mais cinco, o Fogo com dois em São Filipe e Santo Antão com mais um na Ribeira Grande. 

Nas últimas 24 horas, as autoridades sanitárias de Cabo Verde deram alta a mais 141 pessoas, tendo agora um total de 16.811 casos recuperados.

Com os novos dados, o país chegou a 18.214 casos positivos acumulados desde o primeiro em 19 de março de 2020, tem agora 174 óbitos e 1.215 casos ativos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.874.984 mortos no mundo, resultantes de mais de 132,3 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

RIPE // PJA

Lusa/fim