"Numas eleições que como sabíamos eram muito difíceis, e num momento complicado em toda a Europa, o BE mantém representação no parlamento europeia", afirmou Catarina Martins.

A cabeça de lista falava momentos antes de o 'site' da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna (SGMAI) confirmar oficialmente a sua eleição, acompanhada pela coordenadora do BE, Mariana Mortágua, numa sala com cerca de uma centena de apoiantes em festa.

Interrogada sobre os resultados dos partidos de extrema-direita a nível europeu, como na França, Catarina Martins respondeu que o BE acompanha "com muita preocupação" esses resultados mas garantiu que "é o momento de luta".

ARL // SF

Lusa/Fim