No boletim diário, aquela entidade contabiliza 90 recuperações nas últimas 24 horas, indicando que estão hoje em vigilância ativa 1.313 pessoas.

O arquipélago conta atualmente com 518 casos positivos ativos: 370 em São Miguel, 111 na Terceira, 12 em São Jorge, 11 em Santa Maria, sete no Pico, quatro no Faial, dois nas Flores e um na Graciosa.

Hoje, estão internados 14 doentes, sete no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada (com um em Unidade de Cuidados Intensivos - UCI), seis no Hospital de Santo Espírito, em Angra do Heroísmo (com um em UCI) e um no Hospital da Horta.

Quanto às 17 novas infeções detetadas, decorrem de 2.215 análises realizadas nos laboratórios de referência da Região e uma em laboratório privado não convencionado.

Em São Miguel, um dos novos casos corresponde a um viajante, residente na freguesia de São Pedro, do concelho de Ponta Delgada, que obteve resultado positivo à chegada.

"Todos os casos restantes correspondem a transmissão comunitária", refere a Autoridade de Saúde.

Por concelhos, a Lagoa regista um novo caso, o de Ponta Delgada quatro, o de Vila Franca do Campo um e o da Ribeira Grande cinco.

Na Terceira, um viajante não residente, na freguesia de Santa Cruz, concelho da Praia da Vitória, obteve resultado positivo, já após ter realizado teste ao 6.º dia de viagem com resultado negativo.

Os restantes casos correspondem a transmissão comunitária.

"Assim, o concelho de Angra do Heroísmo regista dois novos casos e o concelho da Praia da Vitória regista igualmente dois novos casos", descreve a Autoridade.

Em São Jorge, um viajante residente, na freguesia de Santo Amaro, concelho das Velas, realizou viagem interilhas, tendo obtido resultado positivo à chegada.

No Pico, um viajante não residente, na vila e concelho da Madalena, realizou teste por apresentação de sintomatologia, obtendo resultado positivo, acrescenta a autoridade.

Estão ativas no arquipélago seis cadeias de transmissão local primária, sendo três no Pico, uma no Faial, uma em São Jorge e uma nas Flores.

Até ao presente foram extintas 219 em todas as ilhas.

Desde o início da pandemia foram diagnosticados nos Açores 7.745 casos positivos de covid-19, tendo recuperado da doença 7.035 pessoas.

Morreram 38, saíram do arquipélago 89 e 65 apresentaram prova de cura anterior.

Até ao presente realizaram-se 647.080 análises para despiste do vírus SARS-CoV-2 que causa doença covid-19.

Desde 31 de dezembro de 2020 e até 02 de agosto, foram vacinadas nos Açores 145.562 pessoas com a primeira dose (61,5%) e 137.897 com vacinação completa (58,2%), no âmbito do Plano Regional de Vacinação.

ACG // MLS

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.