O MEO, marca do segmento de consumo da Altice Portugal, volta a surpreender com a sua mais recente campanha natalícia, apresentada em primeira mão na inauguração da renovada loja MEO no Porto.

A campanha hoje apresentada dá continuidade ao movimento iniciado pela marca em 2018, de "humanizar" a sociedade através da tecnologia e da sua intervenção enquanto marca, que acompanha atentamente as fontes de maior tensão e rutura social e ambiental em Portugal e tem procurado posicionar-se como interveniente ativo em temas alinhados com o seu propósito.
Nasce assim uma campanha que vai além da habitual ficção narrativa da época natalícia e onde as narrativas se baseiam em histórias verídicas contadas na primeira pessoa, numa campanha de causas, que assina em parceria com a Fundação Altice.

Assente na assinatura “Humaniza-te”, esta campanha junta à mesa de Natal cinco protagonistas reais, vindos de cinco esferas da sociedade em prol de uma causa: a inclusão social. São cinco vidas inspiradoras de cinco pessoas que de alguma forma vão ter este ano o seu Primeiro Natal.

Disso são exemplo a Viviane, uma refugiada da Costa do Marfim a viver há alguns meses em Portugal, onde encontrou o seu lar, depois de atravessar o Mar Mediterrâneo entregue à sua sorte e com um filho ao colo, cuja história inacreditável nos vai sensibilizar para a temática dos Refugiados.

A Pilar, com Trissomia 21, que aos 26 anos começou a trabalhar e conquistou a sua independência. Uma história que nos alerta para as dificuldades de inclusão no mercado de trabalho.

A Ester, uma adolescente mexicana adotada aos nove anos por um casal português que também já tinha adotado o seu irmão. Outra história emocionante de Adoção e um exemplo, infelizmente raro, disso acontecer com crianças mais velhas e juntando familiares biológicos como estes dois irmãos.

O Francisco, representando a comunidade de Seniores, um exemplo inspirador de alguém que aproveitou a reforma para se dedicar ao triatlo completando, pela primeira vez aos 67 anos, a prova Iron Man que se realizou este ano em Cascais. O exemplo do Francisco mostra que na segunda metade da vida muitos desafios podem ser também alcançados.

E por fim, a Benedita, uma mulher Transgénero que concluiu o seu processo de transição e é plenamente mulher, numa história emocionante entre o preconceito e a aceitação.

A campanha conta ainda com a participação de Carolina Deslandes, a embaixadora de causas do MEO, que dá voz à banda sonora dos vários filmes, interpretando o tema “A Million Dreams”, da P!nk.

Criada pela Agência Partners, com realização do premiado Pedro Varela, a nova campanha multimeios do MEO arranca com um filme genérico criado em take único, que juntou à mesa pela primeira vez todos os protagonistas, que se conheceram ali mesmo naquele momento. A esse filme juntam-se mais cinco que partem desse jantar de Natal e mergulham em imagens da história emocionante de cada um dos protagonistas, culminando num documentário com a história completa de todos, que estreia dia 1 de dezembro no canal 79 do MEO e em meo.pt/natal.

A nova campanha do MEO promete fazer bater o coração de todos portugueses e, acima de tudo, consciencializar, mudar mentalidades, trazer mais humanidade às pessoas. Não só no Natal, mas para toda a vida.

O MEO reforça assim o seu posicionamento enquanto marca de causas, juntando-se ao debate público e assumindo um claro compromisso para com a sociedade. São várias as causas que o MEO já abraçou – violência doméstica, conservação ambiental, e luta contra o plástico nos Oceanos – e às quais se juntam agora as histórias destas cinco pessoas, numa concretização do espírito de humanização levado a cabo pelo MEO.

A nova campanha promete juntar a emoção e apelar ao que nos é mais característico enquanto seres humanos, convidando o público a juntar-se à marca por uma causa comum, a da inclusão social.

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.