Arrancam hoje as candidaturas para o Prémio Norberto Fernandes que pretende apoiar projetos de artes plásticas – pintura, desenho, gravura, escultura, cerâmica e tecelagem –, premiando os artistas portugueses que submetam propostas originais e de valor no mundo da arte contemporânea.

Os prémios, promovidos pela Fundação Altice, dividem-se em duas categorias: Arte e Tecnologia, que pretende premiar propostas originais no campo da produção artística que façam uso e se relacionem com a tecnologia, no âmbito da reflexão concetual do projeto e/ou da sua execução material; Jovens Artistas, cujo intuito é premiar quem submeta propostas originais, com uma carreira em processo de reconhecimento, até aos 35 anos de idade, para incentivar a criação de valor na arte contemporânea.

O vencedor na categoria de Arte e Tecnologia receberá um prémio que corresponde ao valor global de 30 mil euros, sendo 15 mil em valor monetário e os restantes 15 mil em aquisições de obras da sua autoria.

Na categoria de Jovens Artistas, o vencedor será premiado com um valor de 10 mil euros, sendo 5 mil euros em valor monetário e o restante atribuído à aquisição de obras.

Numa primeira fase, a análise das candidaturas será realizada pela Comissão de Avaliação e Acompanhamento do Prémio Norberto Fernandes, que será responsável pela seleção dos finalistas. As obras selecionadas, nesta primeira fase, serão expostas num espaço público, em Lisboa. Posteriormente, todos os projetos da shortlist serão avaliados pelo Júri do Prémio, constituído por três elementos de referência do meio artístico e académico, bem como por um elemento da Fundação Altice. Os vencedores serão depois conhecidos numa cerimónia pública.

As candidaturas devem ser submetidas aqui e o prazo para o envio das mesmas termina no dia 1 de março de 2024.

Fundação Altice cria prémios de arte. Candidaturas arrancam hoje
créditos: Divulgação

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.