Mais de 600 voos cancelados devido a greve de pessoal da segurança na Alemanha

Quase 640 voos foram cancelados hoje na Alemanha na sequência de uma greve do pessoal de segurança, anunciaram fontes dos aeroportos de Düsseldorf, Colónia-Bona e Estugarda.

De acordo com a agência France Presse, estes cancelamentos correspondem a mais de metade dos 1.050 voos programados para aqueles três aeroportos.

Em Düsseldorf, o terceiro maior centro aéreo do país, 370 dos 580 voos planeados foram cancelados, disse a companhia que administra o aeroporto em comunicado.

Em Colónia-Bona, foram cancelados 131 voos dos quase 200 programados para hoje, estando também prevista uma diminuição das operações de carga.

A greve foi convocada pelo sindicato Verdi DPA, que representa 23 mil agentes de segurança nos aeroportos do país. Os trabalhadores querem um aumento salarial de 20 euros à hora, contra os atuais cerca de 17 euros.

A Associação Federal de Empresas de Segurança da Aviação (BDLS) propôs aumentos salariais que variam de 2% a 8,1%.

Os trabalhadores já tinham cumprido um dia de greve na segunda-feira nos dois aeroportos da capital alemã Tegel e Schönefeld obrigando ao cancelamento de 50 voos.

As próximas negociações entre Verdi e o BDLS estão programadas para 23 de janeiro.

DD // SB

Lusa/Fim

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Motores, Atualidade, Entretenimento, Lifestyle, Tecnologia e Desporto.

Subscreva para receber no seu email, a dose diária recomendada de informação, sem contraindicações.