Pagar com PayPal? Já pode usar o multibanco ou a conta bancária

A empresa de e-money passa a disponibilizar a possibilidade de, para além do cartão de crédito e de débito, os utilizadores dos seus serviços poderem usar o multibanco ou a conta bancária.

A empresa de e-money passa a disponibilizar a possibilidade de, para além do cartão de crédito e de débito, os utilizadores dos seus serviços poderem usar o multibanco ou a conta bancária.

A partir desta terça-feira, a utilização do PayPal para realizar pagamentos de compras ou transferências está mais facilitado. A empresa de e-money acrescentou dois métodos adicionais para a utilização dos seus serviços: o multibanco e a conta bancária.

Até agora levar a cabo compras online ou transferências através do Paypay, exigia a utilização do cartão de crédito ou de débito. Passa a ser possível agora aos utilizadores deste serviço também associarem o multibanco ou uma conta bancária como método de carregamento do PayPal.

Num encontro com jornalistas que decorreu esta terça-feira, Miguel Fernandes, diretor de negócios do PayPal Portugal salienta que a possibilidade de utilizar estes dois meios alternativos — multibanco e a conta bancária — visa “democratizar o acesso ao sistema financeiro” aos portugueses, e que “qualquer tipo de consumidor não tenha barreiras nas compras online“.

Para fazer o carregamento da conta PayPal através do multibanco, o utilizador terá primeiro de aceder ao site da empresa de e-money, onde lhe será atribuída uma referência multibanco que será única e através da qual este passará a poder proceder a carregamentos da conta PayPal. Miguel Fernandes explica que bastam apenas alguns segundos para que o saldo fique disponível.

O gestor português explica que essa referência multibanco é disponibilizada por um banco português que não identificou qual é, referindo apenas que a ligação com a instituição teve origem num parceiro.

No que respeita à associação da conta bancária, o processo prevê um passo intermédio de verificação, em que é confirmada a titularidade da conta bancária. A título de exemplo, a PayPal procede a dois créditos de três e sete cêntimos na conta do utilizador, os quais o utilizador confirma a receção desses valores. Essa confirmação funciona como uma chave de validação da utilização da conta.

A associação da conta bancária deverá demorar entre um a dois dias, sendo que a partir dessa ocasião basta fazer pagamentos com o PayPal que depois o valor dessa compra ou transferência é debitado da conta do utilizador.

“Democratizar” pagamentos numa empresa em crescimento

“Queremos que o cliente seja o rei, que tenha disponíveis todas as possibilidades para efetuar pagamentos. Com estes dois novos serviços, democratizamos os pagamentos online, permitindo aos clientes escolher a forma mais conveniente de realizar as operações: cartões de crédito ou débito, multibanco – com PayPal”, diz Miguel Fernandes, acrescentando que “este meio de pagamento passa pela primeira vez a poder ser utilizado em comércios online de todo o mundo que aceitem PayPal e não apenas localmente – ou com conta bancária”.

As novas funcionalidades estão disponíveis já a partir deste terça-feira, sendo que para já apenas não é ainda possível consultar a referência multibanco através da app da empresa de e-money.

Em termos de metas de crescimento em Portugal que possam resultar desta nova aposta da PayPal, a empresa não avança estimativas, mas diz acreditar que “possa ajudar a crescer muito em Portugal”.

A PayPal viu a sua atividade, em Portugal, crescer 40% no espaço de três anos, com o número de utilizadores ativos a alcançar os 700 mil no final de 2017 e os comerciantes associados à plataforma a ascenderem a “dezenas de milhares“. Neste momento, PayPal está disponível em cerca de 19 milhões de lojas a nível global, sendo que o número de utilizadores a nível mundial ascende a 237 milhões.

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Motores, Atualidade, Entretenimento, Lifestyle, Tecnologia e Desporto.

Subscreva para receber no seu email, a dose diária recomendada de informação, sem contraindicações.