Reino Unido condiciona pagamento de 43,8 mil milhões a Bruxelas a acordo comercial com União Europeia

O pagamento será realizado se a UE "cumprir a sua parte do acordo", afirma Dominic Raab, o novo ministro do Brexit.

O pagamento será realizado se a UE "cumprir a sua parte do acordo", afirma Dominic Raab, o novo ministro do Brexit.

O Reino Unido vai condicionar o pagamento da fatura de 39 mil milhões de libras (43,8 mil milhões de euros) a Bruxelas à assinatura do acordo comercial com a União Europeia (UE), disse o novo ministro do Brexit.

A declaração de Dominic Raab foi feita durante uma entrevista publicada pelo jornal britânico Daily Telegraph.

O pagamento será realizado se a UE “cumprir a sua parte do acordo”, afirmou.

O governante sublinhou que o Artigo 50, o mecanismo de saída acionado pelo Reino Unido, exige tanto um acordo sobre o ‘divórcio’ com a UE, como um acordo comercial.

“O Artigo 50 exige que, ao negociarmos o acordo de saída, haja um enquadramento futuro sobre o nosso novo relacionamento, o que significa que os dois estão ligados”, disse.

Dominic Raab foi promovido no início de julho de secretário de Estado da Habitação para ministro responsável pelo Brexit, substituindo David Davis.

Raab, de 44 anos e advogado de profissão antes de ser eleito deputado em 2010, foi um proeminente defensor da saída do Reino Unido da UE durante o referendo de 2016.

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Desporto, Atualidade, Entretenimento, Tecnologia, Lifestyle e Motores.