O Volkswagen Taigo recorre à mesma plataforma do Polo ou T-Cross e é uma evolução do Nivus produzido no Brasil.

A Volkswagen vai ter uma nova proposta no segmento B-SUV. Falamos do Volkswagen Taigo, um modelo com estilo coupé que nasce da evolução do Nivus (solução produzida no Brasil), mas pensado para o mercado europeu. Construído com base na plataforma MQB A0, a mesma do Polo e T-Cross, o Taigo apresenta-se com um visual que mistura detalhes do renovado Polo, mas também do T-Cross.

Ao nível de motores, não há grandes surpresas. Ou seja, vai poder ser equipado com o três cilindros de 1.0 litros TSI com dois níveis de potência, 95 e 110 cv, e pode estar associado a caixa manual ou automática de dupla embraiagem. Para além disso, encontramos ainda o quatro cilindros de 1.5 litros TSI com 150 cv e, neste caso, sempre acompanhado pela DSG de 7 velocidades. A Volkswagen não deu informações sobre uma possível versão GTI, mas tal como acontece no T-Cross, não deverá existir.

O Volkswagen Taigo vai ser proposto em quatro níveis de equipamento: Taigo, Life, Style e R-Line. De série em todas as versões os clientes vão encontrar os faróis LED (IQ.Light LED Matrix apenas em opcional), painel de instrumentos digital de 8 polegadas, ecrã central de 9,2 polegadas com o mais recente sistema de infotainment da marca e jantes de 16 polegadas. Tal como é comum na marca alemã, a lista de opcionais vai ter várias soluções disponíveis como é o caso de sistema de som premium da Beats, teto panorâmico, entre outros. Por fim, o Volkswagen Taigo pode ser encomendado a partir do final do verão, com as primeiras unidades a serem entregues aos clientes ainda em 2021.

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.